Nuevo número : Estudios Ibero-Americano, v. 46 n. 3 (2020)

A Pan-americanização do trabalho no período de entreguerras

A relação da Organização Internacional do Trabalho com os países americanos e a criação do Instituto Interamericano do Trabalho

Resumo

No presente artigo tratamos das conexões e relações estabelecidas pelos países americanos com a Organização Internacional do Trabalho no período de entreguerras. O marco do relacionamento foi estabelecido em duas instancias paralelas nas Conferências Internacionais de países membros da OIT e nas Conferências de Países Americanos ou Conferências Pan-americanas que tiveram lugar paralelamente e com seus próprios tempos. Enquanto na OIT se constituía um reconhecimento de situações e problemas comuns aos países latino-americanos, nas Conferências Pan-americanas se incorporava a questão do Trabalho e dos trabalhadores às temáticas que deveriam ser discutidas. Aqui tratamentos a forma em que se produz o reconhecimento mútuo e a necessidade de estabelecer pautas de comportamento comum para América Latina e no âmbito das organizações internacionais.

Para más informaciones : https://revistaseletronicas.pucrs.br/index.php/iberoamericana/issue/view/1457


You may also like...

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Search OpenEdition Search

You will be redirected to OpenEdition Search